310 Itens

Ordenar por

Reaberto no último dia 20, o Parque Municipal Outeiro da Glória não vai ficar de fora da folia. Em parceria com a Rede Carioca de Rodas de Samba criou um evento que vai funcionar de sexta (09) a terça (13) de Carnaval, trazendo não só confete e serpentina, mas também muita música, arte, gastronomia, sem esquecer, claro, do meio ambiente. Batizado de Eco Samba, o projeto visa ocupar o Parque oferecendo ao público carioca e visitante atividades multiculturais, assim como segurança, conforto e infraestrutura. A partir de meio dia, os portões estarão abertos a todos. A entrada principal será em frente ao metrô da Glória, saída B. Alegria não vai faltar! Durante os cinco dias, de 12h às 15h, haverá baile infantil com tudo que a criançada tem direito para a diversão ser completa. De 15h às 17h os blocos Enxota que eu vou, Afoxé filhos de Gandhi, Arteiros da Glória e outros comandarão a festa. Das 17h às 18h o comando do evento ficar por conta da DJ Nicolle Neumann. Das 18h às 22h cada dia de festa terá uma roda de samba (PedeTeresa, Moça Prosa, Pedra do Sal, Sambastião e Pagode do Time de Crioulo) tocará o ritmo […]

A Mangueira, com bateria e intérpretes, vai agitar o Baile de Carnaval do Baródromo na terça-feira, 13, a partir de 20h. O grupo Um Amô, cantando clássicos de sambas-enredo, e a DJ Cris Panttoja também prometem levantar o público. Data: 13/02 Local: Baródromo Endereço: Rua do Lavradio, 163, Lapa Horário: 20h Entrada: R$ 30 Informações: (21) 2504-5754 Classificação:18 anos

A época é de carnaval e a animação está no ar! A Orquestra Pé de Ouvido na companhia de Julio Estrela e Elisa Addor fará uma noite com músicas clássicas de carnaval incluindo marchinhas, frevos, sambas enredo e muito mais! Leve seu confete e serpentina a noite já tradicional no Carioca promete! Não esqueça a fantasia! A Orquestra Pé de Ouvido é formada pelos seguintes músicos: SERJÃO (Trombone) ARIMATÉA (Trompete) FERNANDO TROCADO (Saxofone) EVANDRO (Violão) MÁRCIO HULK (Cavaquinho) RODRIGO VILLA(Baixo) SILVÃO (Surdo) XANDE FIGUEIREDO (Bateria)

O verão chegou e trouxe fevereiro, trouxe o carnaval e, claro, a 13º edição dos “BAILES DE CARNAVAL do TRAPICHE”, que pela primeira vez tem o baile da TERÇA realizado pelos músicos do precioso e saudoso RANCHO FLOR DO SERENO!! 😀 Quem não viveu, não se recorda e não tem muitas saudades do bloco do RANCHO FLOR DO SERENO, que embriagava os foliões em #Copacabana, desde o começo da década de 2000 até o derradeiro ano de 2013, quando fez a sua última participação como bloco, deixando milhões de órfãos. INGRESSOS ANTECIPADOS JÁ À VENDA no Trapiche, de terça à sábado — **SERVIÇO**: “BAILE DE CARNAVAL DO TRAPICHE GAMBOA com músicos do bloco Rancho Flor do Sereno” Dia: 13/fevereiro (quinta-feira). Horário: a partir das 22h30 Local: Cais da Imperatriz (Rua Sacadura Cabral, 145 – Praça Mauá) Tel.: 2516 0868 Valores: R$45,00 (antecipado) / R$54,00 (na hora) OS INGRESSOS SÃO VENDIDOS SOMENTE na casa Trapiche Gamboa, de terça à sexta, entre às 10h e o fechamento às 23h30, e aos sábados, entre às 19h e o fechamento às 03h) Compra também via depósito em conta (deve-se: ligar para 2516 0868 OU escrever para trapichegamboa@ig.com.br, solicitando o número da conta + depositar […]

Um repertório que passeia por samba de enredo, marchinhas e muito mais.

No repertório clássicos de compositores como Cartola, Monarco e Arlindo Cruz, Alcione, Da. Ivone Lara,Beth carvalho entre outros, Flávia Saolli é a atração no Baródromo, na terça-feira, 27 de fevereiro. A entrada é R$ 10 e o Baródromo fica na Rua do Lavradio, 163, Lapa. Informações: (21) 2504-5754. Classificação: 18 anos. Data: 27/02 Endereço: Rua do Lavradio, 163, Lapa. Horário: 20h Entrada: R$ 10 Informações: (21) 2504-5754 Classificação etária: 18 anos ••• VALOR DA ENTRADA ••• ➥ R$ 10 até 21h ➥ R$ 20 após 21h ••• INFORMAÇÕES EXTRAS ••• ➥ Venda somente no dia

Ampliando o horizonte da nova e moderna MPB, Roberta traz para o palco releituras de samba consagrados com pitadas de soul. O improviso fica pro conta da cadência do partido alto, o repente do sambista. Seu repertório é democrático. Vai da bossa-nova ao samba-funk passando por músicas regionais numa bem sucedida fusão de sonoridades múltiplas. Compasso binário e ritmo sincopado. A dobradinha não basta para se fazer um bom samba. É preciso malemolência, carisma e um timbre sedutor. No palco, ela mostra porque é merecedora dos elogios que vem recebendo. Quem não gosta do samba de Roberta Espinosa bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça ou doente do pé.