Revelação do ‘Prêmio Rival Petrobras De Música Brasileira’ volta à casa para apresentação de seu 5º álbum, dia 8 de dezembro, às 19:30 horas.
O encontro da voz madura de Ana Costa com o bandolim exuberante de Carrapicho Rangel promete surpreender o público do Teatro Rival Petrobras em dezembro. Em seu 5º álbum, “Do Começo ao Infinito”, o ponto de partida são os gêneros tradicionais samba, choro, valsa e jongo formando um mix singular. O espetáculo será uma mostra do novo CD intercalando músicas populares de conhecimento do público, e algumas das nove composições assinadas por Ana nesse trabalho. O show acontece dia 8 de dezembro, às 19:30 horas, no palco do Teatro Rival Petrobras.
 
O repertório do disco merece seu próprio destaque. São 12 canções, das quais Ana Costa assina a composição de nove, e diversas parcerias com convidados especiais todas arranjadas especialmente para o som do bandolim. “Do Começo ao Infinito” é uma obra para ser ponto central no universo de sambas, sambas canções, valsas e choros. Dentre as músicas inéditas do CD estão os duetos com: João Cavalcanti, Zélia Duncan, Magali, Marcelo Caldi, Vidal Assis e outros nomes que compõem a cena de compositores da atualidade.

Ana Costa
 
Ana Costa lançou quatro CD’s e um DVD em sua carreira de sucesso, sendo esse, em homenagem ao seu padrinho musical Martinho da Vila. Lançado em novembro de 2015, o DVD “Pelos Caminhos do Som” lhe rendeu sua terceira indicação como melhor cantora de samba. Desta vez, no Prêmio da Música Brasileira, em 2016. Ana iniciou sua carreira solo sendo eleita Revelação no 5º Prêmio Rival Petrobras de Música e considerada “um dos talentos de 2006”, por Antonio Carlos Miguel. Em seguida, foi convidada para ser a cantora da música-tema “Viva Essa Energia” dos jogos Pan-americanos 2007, junto com Arnaldo Antunes.
 
Como diria o finado Mestre Marçal na sua curiosa forma de expressão “vem provando o mingau pela beirada do prato”, Ana vem conduzindo a carreira consciente do próprio valor e das próprias possibilidades de êxito. Ela já mostrou “seu carnaval” e já mirou “novos alvos”, já afirmou que “o hoje é o seu melhor lugar” e convidou a todos para viajar “pelos caminhos do som”.
 
Carrapicho Rangel
 
Cleber Rangel é conhecido no meio musical como “Carrapicho”, apelido que ganhou de seu pai, presidente de uma escola de samba de Araraquara – SP. Além de dedicar-se a divulgação da música instrumental através de seu trabalho solo, e do grupo instrumental Código Ternário do qual faz parte, Rangel também já acompanhou renomados compositores e intérpretes como: Wilson das Neves, Luis Carlos de Vila, Wilson Moreira, Almir Guineto, Monarco da Potela, Tantinho da Mangueira. E talentosos instrumentistas como: Arismar do Espirito Santo, Luizinho 7 cordas, Silvério Pontes Alessandro Penezzi, Joel Nascimento, André Mehmari, Hamilton de Holanda, Nicolas Krassik, Henrique Cazes, Luciana Rabelo e Cristovão Bastos dentre muitos.
 
 
 
Serviço: Ana Costa e Carrapicho Rangel “Do Começo ao Infinito”
Data: 08 de dezembro, sexta-feira
Horário: 19h30
Local: Teatro Rival Petrobras
Endereço: Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia
Ingressos: Plateia A e B – R$ 50,00
Lounge – R$ 60,00
Classificação etária: 18 anos.