O cantor, cavaquinista e compositor Eduardo Gallotti, junto ao Grupo Centelha, realiza uma roda de samba que já foi tradicional nas sextas-feiras da casa e vem garantindo o seu espaço em toda última sexta de cada mês, desde o início de 2015. É garantia de uma noite com o melhor do samba, tendo no repertório clássicos de ontem e de hoje, além de faixas que a memória incrível do experiente Gallotti resgata.

Gallotti é um importante nome do samba carioca e uma das personalidades que participaram e colaboraram ativamente da revitalização da Lapa, como bairro boêmio carioca, durante a década de 2000. Ele, com seu cavaquinho sempre em punho e sede de samba e boêmia, também foi fundador de várias rodas de samba tradicionais como a do “Candongueiro”, em Niterói; do “Sobrenatural” em Santa Teresa, do “Severina”, do bar “Emporium” e a do “Trapiche”, aqui no Rio de Janeiro. No Trapiche, “o samba sempre é forte e o couro comê”!

Couvert artístico: R$30 (lista amiga: R$25). 18 anos. A casa abre às 19h30.