Nesta quinta feira, 27 de Julho, às 20h30, o Moça Prosa leva a sua roda de samba para o Trapiche Gamboa.

Originado nas rodas de samba da Pedra do Sal, em abril de 2012, o Moça Prosa é um grupo feminino que nasceu e se estabeleceu na histórica região da Praça Mauá, aqui no Rio de Janeiro, para exaltar a importância e a influência feminina dentro do cenário musical brasileiro do passado e do presente.

Ao longo destes anos, Tainá Brito (surdo e efeitos), Karina Isbelle (pandeiro e cuíca), Dani Andrade (percussão), Ana Priscila (percussão), Luana (tantan e atabaque), Jack Rocha (voz), Fabíola Machado (voz), Yasmim Alves (harmonia) e Samara líbano (harmonia) firmam esta ideia com muito talento na batucada, na harmonia e na cantoria, mantendo o grupo em diversos espaços e projetos e, assim, já sendo reconhecido por muitos sambistas que procuram pelas melhores rodas da cidade.

As integrantes homenageiam todas as mulheres compositoras, musicistas e cantoras do samba, como Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Clementina de Jesus, Jovelina Pérola Negra, Beth Carvalho, Leci Brandão, Alcione, Elizeth Cardoso, Aracy de Almeida, Gisa Nogueira e Dolores Duran, e celebra as expoentes contemporâneas do gênero, prestigiando o trabalho de Mariene de Castro, Luiza Dionizio, Tereza Cristina e Ana Costa, entre outras.

No repertório, as jovens sambistas também cantam e tocam composições de outros personagens emblemáticos da música brasileira, como João da Baiana, Donga, Heitor dos Prazeres, Pixinguinha, Noel Rosa, Cartola, Paulo César Pinheiro e muitos outros.

—–
SERVIÇO:
Roda de samba do grupo MOÇA PROSA – homenagem às mulheres negras do samba.
Data: QUINTA, 20 de julho (20h30)
Local: Trapiche Gamboa (Rua Sacadura Cabral, 155, Saúde/Gamboa – próximo ao Hospital dos Servidores da Rua Barão de Teffé)
Tel.: 2516 0868 (para reserva de mesas)
Couvert artístico: R$25 (R$15 na lista amiga CONFIRMANDO PRESENÇA aqui NO EVENTO ou COLOCANDO OS NOMES NO MURAL)

**ANIVERSARIANTES da semana e um acompanhante não pagam o couvert artístico (em uma noite na casa, basta apresentar a Identidade no caixa).

***CAMPANHA SOLIDÁRIA: servidores estaduais com comprovante de emprego não pagam couvert até às 20h30.

Classificação: 18 anos
A casa abre às 18h30.


Aceitamos cartões de crédito e débito. Capacidade: 250 pessoas.