Tida como uma das mais importantes artistas da atual geração de sambistas cariocas, a cantora, compositora e multi-instrumentista Nilze Carvalho, ex-integrante do grupo Sururu na Roda, realizou em julho, pela primeira vez, a sua roda de samba solo aqui no Rio, tendo sido o Trapiche Gamboa a casa escolhida. Após uma gratificante noite de estreia, ela vem repetindo o show uma vez por mês no casarão.

No repertório, clássicos das melhores rodas e também sambas autorais de Nilze, bem como da safra mais recente de compositores do gênero que ela também gravou em alguns CDs. Também é possível apreciar a aclamada virtuosidade da multi-instrumentista, com o seu cavaquinho em punho e um repertório de choros que ela sempre dedilha.

Nos últimos anos, Nilze participou do “DVD Samba Social Club” 2 e 4, do “DVD Gafieira”, de Zeca Pagodinho, gravou o samba “Acreditar” ao lado de D.Ivone Lara para o CD e DVD “Cidade do Samba”, e também gravou participação especial no CD “Palavras de Guerra” da cantora Olívia Hime. Fez diversos shows pelo Brasil, Costa Rica, Equador e Europa, dividiu o palco com o pianista e arranjador Cristóvão Bastos num show em homenagem a Ataulfo Alves, participou do “Prêmio da Música Brasileira” 2010 e lançou o último CD, “O que é meu”, pela gravadora Biscoito Fino.

Nilze também já cantou e tocou ao lado de grandes e inúmeros nomes da música popular brasileira e internacional, e o CD “Verde amarelo negro anil” (RobDigital) foi indicado ao “Grammy Latino” de 2015 na categoria “Melhor Álbum de Samba”, o CD “O que é meu” ganhou em duas categorias no “Prêmio da Música Brasileira” – Samba na Lapa, como “Melhor CD” e “Melhor cantora”. Além de cantora e instrumentista, a sambista é compositora e bacharel em música pela UNI-RIO e foi apresentadora do programa “Cena Musical”, pela TV Brasil.

Couvert artístico: R$30 (lista amiga: R$25). 18 anos. A casa abre às 19h30.