Revivendo as rodas de samba do subúrbio carioca dos anos 80, o Pagode do Biro acontece desde 2014, quinzenalmente na Tijuca. O evento recebe um público de diversos bairros da cidade, reunindo a cada edição pessoas apaixonadas pelo samba e seus costumes.
O encontro, que já é referência na cena carioca, comemora 4 anos de muito samba e resistência. Já marcaram presença no evento os sambistas Zé Luiz do Império, padrinho do evento, Marquinho Diniz, Toninho Geraes, Ana Costa, Fred Camacho, Marcelle Motta, Marquinhos China, Marcelinho Moreira, Marina Íris, Bira da Vila e Zé Katimba. E ainda o saudoso forrozeiro Chico Salles, que animou o “Pagode Junino” durante dois anos, acompanhado do Trio Chabocão e seu irresistível forró pé-de-serra. É uma roda acústica e participativa, o que traz ainda mais charme ao
encontro.
Além da energia contagiante da roda de samba, o Pagode do Biro tem outros atrativos. Culinária tipicamente brasileira, caipirinhas caprichadas, acessórios inspirados na cultura negra e outras atrações também fazem sucesso com os frequentadores e dão um clima especial ao evento.
Esse é o Pagode do Biro, comandado pelo cantor e compositor Rodrigo Carvalho (o Biro), digno representante do atual samba carioca. Com passagens pela banda de Beth Carvalho, ainda na década de 1990, e pelo Galocantô, grupo do qual é fundador e ex-vocalista, o artista lançou seu primeiro disco solo em 2017.
Rodrigo é um sambista que “bebe da fonte” desde cedo e leva para a roda um repertório vasto, fruto de uma vida dedicada ao melhor do samba “tradicional”, “de raiz”, “malandreado”.
Serviço
PAGODE DO BIRO – 4 ANOS DE RESISTÊNCIA
QUANDO: sábado, 23 de junho, 18h
ONDE: Sindicato dos Fumageiros (Rua Haddock Lobo, 239 – Tijuca)
QUANTO: R$ 20 (somente dinheiro na entrada e no bar)
E MAIS: Promoções para aniversariantes: producao.rodrigocarvalho@gmail.com /
(21) 9.8728.1928