Com 16 anos de formação, é um quarteto composto pelos exímios e premiados instrumentistas e compositores Alfredo Del-Penho (voz e violão de sete cordas), Pedro Amorim (voz e bandolim), Pedro Miranda (voz e pandeiro – ganhador do título de “Melhor Álbum de samba” do Prêmio da Música Brasileira 2017) e Paulino Dias (voz e percussão), nomes da atual geração do samba do Rio de Janeiro (que se mantém desde o início dos anos 2000) conhecidos e respeitados por público, crítica e artistas.

Sempre que as agendas dos músicos podem ser conciliadas, realiza sua já tradicional roda de samba com todos tocando e cantando consagrados sambas dos mestres do gênero, composições recentes, composições próprias já conhecidas pelo grande público e sambas dos CDs de cada integrante. É uma roda que atrai muitos músicos e os sambistas que prezam pelo “fino repertório do samba”.

Por ter a história do grupo entrelaçada à história da casa Trapiche Gamboa, justamente por ser a única casa de samba onde o quarteto se apresenta (com regularidade) desde a sua formação, com regularidade, em 2017 comemorou quinze anos de formação com uma temporada especial em todos os sábados de abril. O público que o acompanha segue cativo, entre os muitos que comparecem para conhecê-lo em cada edição.

Couvert artístico: R$25 (lista amiga: R$20). 18 anos. A casa abre às 18h30.