Sábado é dia de Samba da Feira – a roda de samba que ganhou o respeito de artistas como Bebeto, Belo, Maria Rita, Reinaldo, Alcione, Jorge Aragão, Grupo Fundo de Quintal, Noca da Portela e Diogo Nogueira. O projeto tem atraído famosos em busca de boa música e revelado novidades no gênero, tornando a atração uma tradição nos Armazéns do Engenhão, localizados na parte externa do Estádio Nilton Santos, no Engenho de Dentro.

O evento gratuito semanal já reuniu mais de 12 mil pessoas por apresentação nos galpões e sempre traz grandes nomes do samba como convidados especiais. O evento começa às 17h, com o grupo “Seligaê”, anfitrião do evento.

No dia 14 de dezembro, o cantor Péricles (ex-Exaltasamba) é o convido especial do Samba da Feira.

SOBRE PÉRICLES

Com mais de 140 milhões de visualizações no YouTube, 585 mil inscritos no seu canal oficial, 2.2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, 19 CD´s e 6 DVD´s lançados e mais de 15 milhões de discos vendidos ao longo dos seus 33 anos de carreira, Péricles é o grande porta-voz do mais brasileiro dos ritmos: o samba e o pagode.

A música sempre fez parte da vida de Péricles. Em 1986 foi um dos fundadores do Exaltasamba, grupo de pagode muito popular no Brasil. Ao lado dos outros integrantes ganhou diversos prêmios como: Melhor Videoclipe de Pagode no MTV Vídeo Music Brasil 1999, Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode em 2009, Melhor Grupo de Pagode de 20019 no Troféu Raça Negra, música mais vendida de samba e pagode em 2010 no Prêmio de Música Digital, melhor conjunto musical de 2011 no Troféu Imprensa, Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode em 2011, e melhor grupo (voto popular) de 2011 no Prêmio Multishow.

Após 26 anos, o Exaltasamba encerrou suas atividades como um dos grupos mais influentes da sua geração. Em 2012, Péricles iniciou sua bem-sucedida carreira solo se destacando na mídia quando participou de duas atrações da Rede Globo: “Dança dos Famosos”, quadro do programa Domingão do Faustão e Programa Esquenta, comandado por Regina Casé, onde fez parte do elenco fixo da atração durante três temporadas.

Em 2018, Péricles criou a Faria´s Produções, escritório que agencia a sua carreira, e realizou o sonho antigo de ser um dos intérpretes oficiais do samba enredo da Mangueira. No mesmo ano, lançou em todas as plataformas de streaming o álbum “Em Sua Direção” (que está concorrendo ao Grammy Latino na categoria samba/pagode) e a turnê de mesmo nome que teve a direção do ator Lázaro Ramos, que pela primeira vez ficou à frente de um espetáculo musical. A principal faixa do álbum, “Até Que Durou”, divulgada em junho de 2018 possui mais de 86 milhões de visualizações no YouTube e 22 milhões de plays nas plataformas de streaming.

Em março de 2019 o artista lançou o “Pagode do Pericão”. A primeira edição do projeto teve como convidados os cantores Chrigor e Thiaguinho, ex-integrantes do grupo Exaltasamba. A faixa “Supera”, lançada em maio de 2019, alcançou 7.5 milhões de visualizações no YouTube e 14 milhões de plays nas plataformas de streaming.

Péricles gravou seu novo DVD “Mensageiro do Amor” em Salvador, no dia 06 de julho de 2019, para um público de mais de 30 mil pessoas que, a cada sucesso, vibravam na Arena Fonte Nova. O repertório, com 26 faixas, focou nos grandes hits do artista, nas faixas do álbum “Em Sua Direção” e na apresentação de nove canções inéditas.

Xanddy (Harmonia do Samba), Jorge Vercillo, Jeniffer Nascimento e o sambista Tiee, foram as participações especiais que abrilhantaram ainda mais o projeto audiovisual. A faixa “Ninguém Ama” foi a primeira do DVD a ser lançada e, em poucos dias alcançou um milhão de views no YouTube (hoje está com mais de 5 milhões) e 200 mil plays nas plataformas de streaming (hoje está com mais de 1.6 milhões).

Péricles, com o DVD “Mensageiro do Amor”, reforça seu nome como um dos mais relevantes no cenário do samba e do pagode e coroa sua trajetória de sucessos.

Como surgiu o SAMBA DA FEIRA
A proposta do SAMBA DA FEIRA é valorizar o samba, os sambistas e quem não é ruim da cabeça, nem doente do pé. E foi justamente uma galera boa da cabeça e do pé que começou, de brincadeira, esse que virou um dos eventos de samba mais conhecidos e mais populares do Rio de Janeiro e do Brasil.

Foi na casa de Mário Castilho, na rua Teresa Cavalcante, em Piedade, que tudo começou. Todo sábado, dia de feira na rua, ele costumava acordar cedo, preparar uns camarões, chamar os amigos e ouvir um bom samba no quintal, enquanto acompanhava o movimento da feira. Teve, então, a ideia de comprar um barril de chope e deixar as portas da garagem abertas para quem quisesse parar e curtir o samba. Surgia assim o Samba da Feira, que estreou no dia 14 de maio de 2016. O barril logo virou vários, tiveram de providenciar espaço para os barraqueiros e para a galera que só aumentava a cada sábado. Não demorou para o samba, que ia das 10h às 16h, virar febre e atrair público do bairro e das adjacências.

O evento cresceu muito, e vieram os problemas: reclamações de vizinhos por causa do barulho, reclamações dos feirantes… Mário e os amigos foram conversar com o administrador regional da XIII R.A. e receberam a oferta de fazer a roda nos Armazéns do Engenhão, localizados na parte externa do Estádio Nilton Santos. E foi lá que o SAMBA DA FEIRA passou a acontecer todo sábado, a partir do dia 3 de dezembro de 2016.

“Quando fomos para Engenhão, nossa preocupação era não perder a essência do SAMBA DA FEIRA”, explica Mário Castilho. Eles conseguiram. Nosso samba mais genuíno segue firme e forte.

Os convidados
Ainda no quintal, o SAMBA DA FEIRA já recebia artistas, mas foi nos Armazéns do Engenhão que o evento passou a convidar sambistas de peso. O primeiro foi Toninho Geraes. Para bancar o cachê, os amigos se arriscaram e correram atrás na divulgação: usaram mídias sociais, firmaram parceria com emissora de rádio, e, de lá para cá, o samba se propagou. Toninho Geraes abriu porta para Xande de Pilares, que elogiou o evento em seus stories no Instagram, e pronto!

Serviço: Samba da Feira convida Péricles
Armazém do Engenhão – R. José dos Reis, 189 – Engenho de Dentro, Rio de Janeiro. Data: 14 de dezembro. Horário: 17h. Classificação Livre. Capacidade: 2500 pessoas. Grátis. www.facebook.com/sambanafeiracombororo