Prestes a completar 98 anos e dez dias após ter passado por uma cirurgia de catarata, Tia Maria do Jongo, com sua invejável vitalidade, na próxima sexta feira (09), será homenageada no FESTIVAL FOLCLORANDO, uma mostra de trabalhos artísticos que reunirá cerca de 700 crianças e jovens, na Escola de Educação Física e Desportos da UFRJ, das 9h às 17h.

O projeto reúne grupos de dança e folguedos oriundos de escolas das redes pública e privada de ensino, de projetos sociais e de outras entidades, que atuam com crianças e jovens, tendo o folclore como ferramenta pedagógica, artística, social e política. “Ficamos muito felizes com essa merecida homenagem à matriarca jongueira mais antiga do Jongo da Serrinha, uma das manifestações culturais mais marcantes associada à cultura africana no Brasil. Tia Maria é realmente incrível, e mesmo em momentos difíceis, se dedica e sempre que possível não se cansa de estar perto, ensinando e dançando com as crianças da Casa do Jongo”, conta Lazir Sinval, coordenadora cultural da ONG.