O projeto Velhos Malandros tem a proposta de revitalização e resgate da história do Samba, promovendo espaço para diferentes gerações e vertentes desses bens culturais de natureza imaterial, sua música, dança, gastronomia, indumentária e ritualística. Com o objetivo de integrar e defender os bens culturais que envolvem as matrizes do Samba no Rio de Janeiro, como o samba de partido alto e o samba de terreiro, o jongo, o coco e o samba de roda, o Velhos Malandros convida artistas e representantes de comunidades afro-brasileiras, e favorece a manutenção das influências rítmicas, poéticas e musicais que constituem a cultura afro-brasileira, em cantigas, ritmos, danças, artes, formas litúrgicas, mitos e todo um conjunto de práticas que ajudam a conferir autenticidade e singularidade ao povo, contribuindo, com isso, para a criação de uma consciência de preservação do patrimônio histórico e cultural brasileiro.

Deixar uma Revisão

Somente usuários registrados podem adicionar uma avaliação