Poesia 3C

Em tempos de quarentena, os artistas seguem produzindo em casa. Com isso, o jornalista Alexandre Nadai lança a versão digital do seu segundo livro, “Poesia, 3C”, pela editora Multifoco. Sem poder produzir as rodas de samba e fazer shows, a solução foi antecipar o lançamento do  e-book, seguir escrevendo e compondo até o fim do recolhimento imposto pelo Covid-19.

Por que “Poesia, 3C”? O livro vem recheado de poesias, crônicas, contos e canções. A letra de “Prece a Oxum” , gravada por Jéssica Ellen, é um dos destaques da obra literária, segundo livro da carreira do jornalista, que em 2016 lançou o  “Escrevo Assim”, uma coletânea com poemas.

Durante a quarentena, Alexandre Nadai lançou também o documentário #DeQuarentena , feito todo com ferramentas do smartphone , com depoimentos e registros deste período de isolamento social imposto devido ao Corona Vìrus.

#DeQuarentena – https://youtu.be/yy3tXmU5PjU

Alexandre Nadai

O jornalista Alexandre Nadai aparece hoje como uma das principais referências do samba no Rio de Janeiro, à frente dos projetos Velhos Malandros e Pagode do Nadai. Além de ser o editor do site www.rodasdesamba.com.br , que tem o objetivo de divulgar as rodas de samba e trabalho dos sambistas de forma democrática por todo o Brasil. Em dezembro de 2018 lançou o documentário “Velhos Malandros – Mensageiros do Samba”(https://youtu.be/i94enyq_3AU) , no MAR(Museu de Arte do Rio). Em 2016, foi lançado o livro “Escrevo Assim” uma antologia poética. Em 2017, teve o reconhecimento nacional sendo eleito uma das 68 homens que mais influenciaram a cultural no Brasil (https://papodehomem.com.br/68-homens-que-nos-inspiraram-em-2017) O reconhecimento internacional veio com a matéria na revista “Cais” , de Portugal, em 2017.  

Carioca do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro, Alexandre de Nadai Arantes é jornalista, formado pela FACHA. Começou a carreira em agosto de 1999, como estagiário, na equipe de esportes da Rádio Tupi,(com inserções na Nativa FM) onde foi contratado como repórter , coordenador e produtor dos programas esportivos da equipe comandada por Luiz Penido. Trabalhou posteriormente como assessor de imprensa do time de futebol do Bangu, pela DB Press, da dupla de vôlei de praia Adriana Behar e Shelda, através da BR Sports. Na volta às rádios, integrou o  departamento de jornalismo das Rádios Jovem Pan e Paradiso FM(grupo Dial Brasil), onde foi repórter e apresentou eventos como o Oi Noites Cariocas e Arraial da Providência, entrevistando os principais nomes da música brasileira e personalidades internacionais.

Paralelo às atividades de jornalista, Alexandre Nadai produziu o Samba no Pé do Chapéu, o Festival de Samba da Lagoa e casas como: Novo Cortiço, Ponto G do Samba, Drink Café Lagoa e Humaitá e Bossa Lounge e trabalhou com artistas como: Noca da Portela, Walter alfaiate, Eliane Faria, Wilson Moreira, Wanderley Monteiro, Toninho Gerais, Zé Roberto, Adilsom Bispo, Zé Luiz do Império, Marcos Diniz, Luiz Grande e Barbeirinho do Jacarezinho, Baiaco, Galo Cantô, grupo Bangalô, Iracema Monteiro, Maurício Monteiro, Paulão Sete Cordas, Tia Surica, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Maurício Araújo, Noca Neto, Nelson Sargento, Agenor de Oliveira, Chay Torres, Nayana Torres, Julieta Brandão, grupo Panela di Barro, Mesa Seis, Adriana Passos, Aleh Ferreira, Luísa Dionísio, Mombaça, entre outros.

Abriu a Selection Comunicação em 2005, onde lançou a Revista Selection, que teve entrevistados como Alexandre Accioly, José Wilker, Francisco Cuoco, Gracindo Júnior, Ricardo Boechat, Diego e Danielle Hypólito, Flávio Canto, Toni Garrido e Giane Abertoni e clientes como a Hiato FC, Liga Urbana de Basquete, Federação de Judô do Rio de Janeiro, Federação de Ciclismo do Rio de Janeiro, Rafael Velloso, H56, Evandro Machado, Drink Café, Bossa Lounge, Badalo de Santa Teresa, Site do Vasco da Gama, Carol Condé(agente dos atores Flávio Bauraqui, Leandro Firmino da Hora e Alexandre Rodrigues), Iquavi, Luíza Dionízio e Mombaça.

Em 2006, começou a trabalhar de forma efetiva com o Terceiro Setor integrando a equipe de tutores da Klick Net, de São Paulo, onde ministrou aulas de inclusão digital à crianças de comunidades carentes de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, e Osasco, em São Paulo, no Instituto Pão de Açúcar. Posteriormente, coordenou o projeto de Comunicação, Expressão e Internet em Cajamar, dentro das escolas municipais, em uma parceria da Natura com a prefeitura local.

Hoje, Alexandre Nadai vai consolidando a carreira de compositor, tendo a música “Peixe Com a Mão”, em parceria com Noca da Portela,  lançada no CD “Homenagens”, do próprio baluarte portelense, ao lado de nomes como D.Ivone Lara, Nelson Cavaquinho, o “Imortal” Arnaldo Niskier, entre outros. A cantora e atriz Jéssica Ellen gravou a música “Prece a Oxum”, parceria de Alexandre Nadai com o músico gaúcho Daniel Delavusca. Outra parceria de sucesso com Noca da Portela, foi a homenagem ao campeão do UFC, José Aldo, que foi enredo do Bloco Amigos da Sueca do Catete, em 2018.   Além disso, em junho de 2016, lançou o livro ”Escrevo Assim”, uma coletânea de suas principais poesias e composições. Também em 2016, iniciou a  carreira no cinema, integrando a produção do curta “Princípe da Providência” – menção honrosa e prêmio de melhor atriz para Sônia Barbosa no “Festival 72 Horas de Cinema” – e produzindo e escrevendo o roteiro do curta “Ritual” (https://youtu.be/uF8kZ2pE66s). 

Em dezembro de 2018, lançou, no MAR (Museu de Arte do Rio), o documentário “Velhos Malandros – Mensageiros do Samba”, que tem como personagens Casquinha da Portela, Noca da Portela, Zé Luiz do Império Serrano e Tantinho da Mangueira, tendo como pano de fundo o projeto Velhos Malandros, do qual é o idealizador.

Contato

alexandre.nadai@gmail.com

55 21 997526605